sábado, 19 de maio de 2018

Tudo grátis na 4ª edição do Festival BB Seguros de Blues e Jazz

Em 26 de maio (Curitiba) e 10 de junho (Belo Horizonte), festival recebe Stanley Jordan e Dudu Lima Trio, Hermeto Pascoal, Pepeu Gomes, Nuno Mindelis, O Bando, BB Seguros Jazz Band’s e a banda mineira As Ablusadas

Hermeto Pascoal

A quarta edição do Festival BB Seguros, que até 2017 era BB Seguridade, e que esse ano começa em Curitiba, no dia 26 de maio, das 11h às 19h, no Parcão, Museu Oscar Niemayer, vem cercada de grandes expectativas já que na edição anterior os shows atraíram cerca de 103 mil pessoas. Segundo a organização do festival, 22 mil pessoas em Curitiba, 12 em Belo Horizonte, 17 em São Paulo; 18 em Brasília; 20 em Recife e 14 em Porto Alegre.
Desde 2015, em sua edição inaugural, o Festival BB Seguros de Blues e Jazz apresentou grandes nomes, como Larry McCRay, produzido pelo Mannish Blog em parceria com Lucas Shows, Stanley Jordan, Hermeto Pascoal, Nuno Mindelis, Louis Walker, Wallace Roney Quintet, Blues Etílicos, Hamilton de Holanda, Maria Gadú, Steve Guyger, Marco Lobo Quinteto, David Liebman, Toninho Horta e outros.

Programação

11h - BB Seguros Jazz Band
12h - Banda curitibana a ser definida (Em BH As Ablusadas)
13h10 - O Bando
14h10 - Nuno Mindelis
15h15 - Pepeu Gomes
16h20 - Hermeto Pascoal
17h40 - Stanley Jordan e Dudu Lima Trio

Atrações programadas para as crianças:
Oficina de desenho e colagem
Oficina de malabares
Pintura artística facial
Escultura de balão
As atividades infantis começam às 11h e vão até às 16h.
E são gratuitas e por ordem de chegada.

Próximas datas doFestival BB Seguros de Blues e Jazz
10/06 - Belo Horizonte
28/07 - São Paulo
04/08 - Brasília
17/11 – Recife
24/11 – Porto Alegre

Serviço das duas primeiras datas:

Cidade: Curitiba:
Museu Oscar Niemeyer- Parcão
Endereço: Rua Marechal Hermes 999 - acesso tb pela Rua Manoel Eufrásio
Dia: 26 de maio (sábado)
Horário: das 11h às 19h
Classificação Indicativa: livre
Gratuito

Cidade: Belo Horizonte
Local: Praça JK
Endereço: Av. dos Bandeirantes, 240
Dia: 10 de junho
Horário: das 11h às 19h
Classificação Indicativa: livre
Gratuito

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Festival de Rio das Ostras completa 15 anos e resiste

Em 2018, Festival de Jazz e Blues de Rio das Ostras, na Região dos Lagos do RJ, completa 15 anos e se consolida como destino obrigatório para os amantes de jazz. O evento acontece no feriado de Corpus Christi, de 31 de maio a 3 de junho

Vanessa Collier

Serão 29 shows gratuitos com artistas nacionais e internacionais em palcos localizados na Praça São Pedro (11h15), Lagoa de Iriry (14h30) e Costazul (20h).
A abertura será com a big band Onda De Sopros de Rio das Ostras liderada pelo flautista e saxofonista Luiz Felipe Oliveira. A 15ª edição do festival ainda promove o encontro dos guitarristas Stanley Jordan e Armandinho, acompanhados por Ivan “Mamão” Conti, na bateria e Dudu Lima, no baixo; apresenta a saxofonista americana Vanessa Collier e Fred Sun Walk & The Dog Brothers; o pianista pernambucano Amaro Freitas, vencedor do prêmio MIMO instrumental de 2016; o compositor, arranjador e trombonista Marlon Sette, acompanhado de uma super banda com a participação de Kassin, Rogê e Davi Moraes, entre outras feras.
Também tocam a banda gaucha Delicatessen com recriações de Standards do jazz americano; a voz potente de Leon Beal Jr. com Igor Prado & Just Groove; a Banda Black Rio; a cantora Rosa Marya Colin convida o gaitista Jefferson Gonçalves; o saxofonista italiano Maximo Valentini; o quarteto “Com Alma”; o guitarrista Big Gilson, um dos ícones do blues carioca; o acordeonista Chico Chagas e a banda Azymuth em parceria inédita com Dj Nuts.
No Palco São Pedro, dedicado a novos talentos, se apresentam Vitor Karyello Trio, Eduardo Ponti Jazz Fusion e a banda de blues Laranjeletric Blues Band.
A programação paralela, na Casa do Jazz e do Blues, em Costazul, traz shows de novas bandas que estão se destacando no Estado do Rio de Janeiro, com apresentações nos intervalos dos shows principais. O festival traz ainda o Clube do Vinil espaço onde os aficionados e colecionadores das famosas “bolachas” poderão trocar ideias, comprar e trocar seus discos.
Desde a criação, em 2003, o evento realizou mais de 500 shows, palestras e workshops gratuitos para cerca de um milhão de pessoas, ajudando a estimular a música de alta qualidade e a criar oportunidades para o público ver de perto grandes nomes do jazz, do blues e da música instrumental.

Programação

Quinta 31/05  
Lagoa de Iriry
14h - Onda de Sopro Big Band R.O.
16h - Vanessa Collier e Fred Sun Walk e Dog Brothers

Costa Azul - a partir de 20h
Mássimo Valentini (Itália)
Quarteto Con Alma
Big Gilson Blues Band
Vanessa Collier e Fred Sun Walk e Dog Brothers (EUA/Bra)

Sexta 01/06
Praça São Pedro - Palco Novos Talentos - 11h15
Laranjeletric

Lagoa de Iriry - 14h30
Fred Sun Walk e The Dog Brothers com past. Big Gilson

Costa Azul - 20h
Delicatessen
Amaro Freitas
Stanley Jordan e Armandinho (EUA/Bra)
Marlon Sette e Banda

Sábado 02/06
Praça São Pedro - Palco Novos Talentos - 11h15
Vitor Karyello Trio

Lagoa de Iriry - 14h
Kynnie Willians
Azimuth e Dj Nuts

Costa Azul - 20h
Chico Chagas Acordeon Trio
Rosa Marya Colin in Blues com part. Jefferson Gonçalves
Banda Black Rio
Leon Beal e Igor Prado e Justgroove

Domingo - 03/06
Praça São Pedro - Palco Novos Talentos - 11h15
Eduardo Ponti - Jazz Fuzion

Lagoa de Iriry - 14h30

Leon Beal e Igor Prado e Justgroove

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Bourbon Festival Paraty chega ao 10º ano

No ano que comemora dez anos de existência, o Bourbon Festival Paraty reúne o melhor do jazz, blues e da música brasileira nos dias 25, 26 e 27 de maio


Todos os shows são gratuitos e acontecem em dois palcos, na Praça da Matriz e Santa Rita, em frete a igreja do mesmo nome situados no centro histórico da cidade. Além da programação principal, há também dois buskers (apresentações de artistas de rua): Busker Rosário (ao lado da Igreja Nossa Senhora do Rosário do Pretos) e Busker Quadra (ao lado da Igreja da Matriz) onde terão apresentações de artistas em horários alternados.
A edição especial dos dez anos reúne grandes nomes da música mundial que participaram de edições anteriores do evento, como o saxofonista de New Orleans, Gary Brown, o guitarrista Stanley Jordan, que se apresentou em 2010 e chega com o trio formado por Ivan “Mamão” Conti (bateria), integrante do lendário grupo Azymuth, e o talentoso baixista Dudu Lima. e também Ed Motta com o show Ed Dançar!
Pela primeira no festival, Cesar Camargo Mariano divide o palco com a cantora Madison McFerrin (filha de Bobby McFerrin). 
Já a norte-americana Vanessa Collier, nomeada entre as cinco melhores saxofonistas do gênero pelo Blues Music Awards, sobe ao palco com Fred Sunwalk e, juntos, apresentam uma poderosa mistura de blues, funk, rock e soul. 
O baixista Rubem Farias, radicado na Suécia, com carreira internacional, estreia no festival acompanhado de sua convidada Live Foyn Friss, vocalista que se destaca na cena jazzística Europeia.
A banda Blackalbino, tem a participação de um dos precursores do funk no Brasil, o cantor Tony Tornado. E quando o funk encontra o jazz com o Deep Funk Session, conhecida na cena paulista de jazz, o talento e improviso dão o tom no festival.
Homenagens também estão na programação em Paraty, como o Tributo a B.B.King - padrinho e parceiro do Bourbon em muitos festivais e turnês pelo Brasil - com Nuno Midelis, Victor Biglione e Fred Sunwalk. A bossa nova ganha homenagem com a participação luxuosa de Roberto Menescal, no show Bossa Hits, do guitarrista Andy Timmons e o cantor Sydnei Carvalho.
John Wesley, violonista radicado em Paraty, que já gravou com grandes nomes da música como Hélio Delmiro e Gilson Peranzzetta, recebe nessa edição o premiado violonista Carlos Barbosa Lima, reconhecido mundialmente como um dos grandes mestres do violão. A Orquestra Popular de Paraty, composta por músicos da cidade, apresenta repertório de releituras de samba, choro, baião e obras canções de poetas paratienses e clássicos da música popular brasileira em arranjos originais. 
A cantora Taryn Szpilman resgata em seu show a história do jazz e do blues desde os anos 20, com figurino característico e performance. Pelas ruas da cidade a Orleans Street Jazz Band, que circula pelo Centro Histórico e a presença do DJ Crizz nas pick-ups, que abre e fecha a programação dos dois palcos todos os dias.
É Bourbon Festival Paraty, é música pela cidade e por toda parte, em Paraty, claro!

Programação 2018

Palco Matriz
Sexta-feira - 25/05
21h - Banda Black Rio - 40 anos (BRA - Sambasoul / Sambajazz) 
Part. Especial Gary Brown (USA)
22h30 - Tributo a B.B.King com Nuno Midelis, Victor Biglione e Fred Sunwalk (ANG/ARG/BRA - Blues)
Part. Especial Vanessa Collier (USA)
00h00 - Ed Motta (BRA - Black/Soul)
01h30 - DJ Crizz (Brasil)

Sábado - 26/05
21h - Cesar Camargo Mariano & Madison McFerrin (BRA/USA - Jazz / Soul)
22h30-Vanessa Collier & Fred Sunwalk (USA/BRA - Blues/R&B)
00h - Blackalbino (BRA - Soul/R&B)
Part. Especial Toni Tornado (BRA)
01h00- DJ Crizz (Brasil)

Domingo - 27/05
21h - Stanley Jordan Trio (USA - Jazz)
22h30 - Taryn Szpilman (BRA - Jazz/Blues)
00h - Gary Brown (USA - Soul/R&B)
01h - DJ Crizz (Brasil)

Palco Santa Rita
Sábado 26/05
15h - John Wesley & Carlos Barbosa Lima (BRA - Música Brasileira)
16h30 - Orquestra Popular de Paraty (BRA - Música Brasileira)
16h30 - Rubem Farias convida Live FoynFriis (BRA/NOR - Jazz)

Domingo - 27/05
16h30 - Deep Funk Session (BRA - Jazz/Groove)
18h - Andy Timmons & Sydnei Carvalho (USA/BRA - Bossa/Jazz)
Part. Especial Roberto Menescal (BRA)

Busker Rosário
Sexta-feira - 25/05
19h - Orleans Street Jazz Band

Sábado - 26/05
14h - Madmen´sClan
16h30 - Trinca Acústica
19h - Carolina Zingler

Domingo - 27/05
14h - Carolina Zingler
16h30 - Madmen´sClan
18h30 - Trinca Acústica

Busker Quadra
Sábado - 26/05
16h - Madmen´sClan
17h - Carolina Zingler
18h - Trinca Acústica

Domingo - 27/05
14h - Trinca Acústica
16h30 - Carolina Zingler
18h30 - Madmen´sClan

Street Band - Orleans Street Jazz Band | Saída todos os dias | Circulando pelo Centro Histórico

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Fim de semana em Santos será com muito blues e CAIS, a cerveja artesanal santista

Giba Byblos, Mauro Hector, Dog Joe, Muniz Crespo, Omar Coleman (Chicago) e Igor Prado fazem o melhor do blues em diferentes formatos. Realização Sesc Santos, Secult, CAIS, Cheers, Realejo Livros. Produção Mannish Blog.


A 4ª Mostra Blues de Santos reservou uma explosão de música e sabores para o último fim de semana de abril: nessa quinta-feira, dia 26, o Sesc Santos recebe uma oficina e um show de Giba Byblos, o guitarrista paulista apresenta as música de Tomorrow, seu mais recente CD. A oficina será realizada às 15h e o show é às 21h.
Na sexta-feira, dia 27, às 18h, a Realejo Livros recebe Mauro Hector e Marcos Paulo na calçada mais charmosa do Gonzaga. E a cervejaria santista CAIS estará presente com a sua Canal 1 super lupulada.
No sábado, às 19h, o blues acústico invade a praia de Santos. A banda Dog Joe convida o guitarrista Muniz Crespo para tocar clássicos do blues na Concha Acústica, ali no canal 3.

E finalmente, mas não menos importante, a CAIS – Cerveja Artesanal em parceria com o Cheers Festival, traz a Santos o gaitista e cantor de Chicago Omar Coleman. Omar vem acompanhado com um dos grandes guitarristas de blues do Brasil, Igor Prado. O festival será realizado no Concais a partir de domingo, mas o show será na segunda-feira, dia 30 às 20h. Mas a partir das 18h Igor Prado e Omar Coleman estarão no estande da CAIS, autografando CDs, conversando com os fãs e bebendo a CANAL 1 bem gelada e lupulada.

quinta-feira, 22 de março de 2018

Mostra Blues 2018 e Acústico na Concha chegam em abril em Santos

Produzido pelo Mannish Blog, em parceria com Sesc Santos e Secult, os eventos recebem em abril shows de grandes nomes do blues brasileiro:  Ari Borger, Márcio Abdo, Giba Byblos, Big Chico, Fabio Brum e Baby Labarba, Dog Joe e Muniz Crespo e Mauro Hector e Marcos Paulo

Ari Borger (foto Lilian Knobel)

Por  mais um ano o Sesc Santos e a Mannish Boy Produções e a Secult realizam uma série de eventos exclusivos com o melhor do blues brasileiro.
O objetivo é trazer a Santos artistas que nunca vieram ou que estão há um bom tempo sem dar as caras na cidade e promover a integração entre eles e o público por meio de oficinas e bate papos informais.
O mês de abril foi o escolhido em comemoração ao nascimento de Muddy Waters, artista revolucionário do Blues mundial e o nome que sintetizou o blues rural do Mississippi na música urbana de Chicago, influenciando milhares de músicos ao redor do mundo. 
Em 2018, a mostra que já trouxe à cidade Igor Prado Band, Big Chico Blues Band, Jefferson Gonçalves, Artur Meneses, Robson Fernandes, Caviars Blues Band, Big Joe Manfra, Big Gilson e outros, agora vem com o mago do órgão Hammond, Ari Borger, o gaitista Márcio Abdo, a excelente Giba Byblos Blues Band.

E como a intenção é fazer sempre mais do que a própria música, a mostra desse ano contará com as oficinas de gaita com Márcio Abdo e guitarra com Giba Byblos.

Ari Borger - A maratona musical começa no dia 12 de abril no Sesc, às 21h, dentro da 4ª Mostra Blues de Santos, com um dos grandes tecladistas do Brasil, Ari Borger.
Em atividade desde 1985, é mestre em piano blues, boogie woogie e Hammond B3. Foi o pioneiro no piano blues brasileiro, inspirando vários instrumentistas, com destaque nos principais festivais do gênero nos Estados Unidos e Europa.
Ari Borger atinge algo muito difícil em sua música, soar verdadeiro e autêntico, improvisando sem “decorar” suas linhas melódicas, doce em alguns momentos, incendiário em outros.
Abriu shows para artistas como BB King e tocou com verdadeiras lendas do piano blues como os mestres Johnnie Johnson e Pinetop Perkins – pianistas de Chuck Berry e Mudy Waters. Morou em New Orleans, aonde se apresentou nas mais renomadas casas de shows como Tipitina’s e House of Blues. 
Teve a honra de ser um dos headliners por duas vezes no maior festival de piano blues e boogie woogie do mundo o “Cincy Blues Fest” em Cincinnatti no “Hall of Fame Boogie Woogie Stage” ao lado das maiores estrelas do gênero, feito inédito para um músico de fora dos EUA.


Márcio Abdo – O projeto era gravar 10 vídeos que mostrariam antigas e novas composições apresentadas ao vivo pelo novo time que acompanha o gaitista e cantor Marcio Abdo, mas a execução dos temas foi tão impecável que as sessões acabaram dando origem ao CD Plano B. 
O trabalho mostra competência e maturidade por parte de todos os músicos, trazendo releituras do primeiro disco de Abdo, "Na Melhor Hora" e novas composições. Trata-se de um trabalho sem cortes, no qual, feeling e técnica são parceiras da energia pura de uma apresentação ao vivo. 
A Abdo Blues Band é composta de músicos experientes e com longos anos de estrada, são eles, Márcio Abdo (gaita e voz), Mr John (guitarra), Renato Limão (baixo), Victor Busques (bateria). No dia do show, 19 de abril, Abdo ministra uma oficina sobre a evolução da gaita no blues.

Giba Byblos (foto Marcelo Crelece)

Giba Byblos - O músico acompanhou a filha de BB King, a cantora Shirley King, em sua primeira turnê pelo Brasil, em 2011. Com Giba dominando como poucos os fraseados e timbres dos mestres do blues de Chicago, como Freddie King e Otis Rush, Shirley o apelidou de “BB Jr”.
Foi também em 2011 que o guitarrista, cantor e compositor lançou My Duty,  seu primeiro disco solo, que recebeu ótimas avaliações no Brasil e no exterior. No ano seguinte, foi a Chicago passar férias e acabou trazendo na bagagem um álbum gravado na Delmark House, uma das mais antigas e tradicionais empresas fonográficas ligada ao blues, jazz e soul dos Estados Unidos. Intitulado Brazilian Blues Bash Live at The Delmark House , o disco com importantes nomes da cena blues do Brasil e dos Estados Unidos. 
Giba Byblos traz a Santos seu segundo trabalho solo, intitulado "Tomorrow". O álbum mescla o blues com soul, funk e R&B e, conta com a participação do bluesman Jimmy Johnson, que toca guitarra em “Heap See” além de co-assinar a faixa título. 
Banda: Giba Byblos (guitarra), Paulinho Sorriso (bateria), Carlinhos Creck (contrabaixo) e Dado Tristão (teclado).

Acústico na Concha
O blues acústico também fará parte da Mostra Blues de Santos 2018. Serão três shows em abril, dia 14, 21 e 28, tudo a partir das 19h


Fábio Brum - Guitarrista há mais de duas décadas, sempre gostou da boemia e toca em bares desde 1989. Aficionado por blues e todas suas variações, sempre achou que nada era mais blues que literatura beatnik e Bukowski.
Em 1990 fundou em Campo Grande (MS) a Blues Band, depois de enfiar na cabeça todos os licks de Freddie King e lá tocou com dois compositores que admira, Geraldo Espíndola e Jerry Espíndola.
Foi da primeira formação do Bando do Velho Jack e guitarrista e parceiro de copo do saudoso Renato Fernandes e seus Bêbados Habilidosos.
Radicado em São Paulo há mais de 10 anos fez de tudo um pouco, tocando guitarra com Robson Fernandes, Alex Valenzi, Made in Brazil, com seus trabalhos pessoais registrados na banda Saco de Ratos. Um dia vai embora, mas vai assobiando e tocando guitarra em cima de um skate.


Big Chico - Com 20 anos de carreira dedicados ao blues, Big Chico destaca-se como um dos melhores gaitistas de blues do Brasil e excelente cantor. Seu estilo inovador e carismático sintetiza suas influências trazendo para o seu show o feeling e linguagem do blues tradicional, a alma do groove e do funk-soul, além do swing do jump blues, resultando em um grande sucesso de apresentação. Se apresentou nos mais renomados clubes de blues dos Estados Unidos, entre eles, B.B King's Blues Club em Hollywood, Martini Blues, Café Boogaloo, Baby & Ricky's Blues Bar, assim como na Argentina no Mr. Jones e no Brasil no Bourbon Street, Sescs.
Nos principais festivais de jazz e blues nacionais e internacionais, dividiu o palco com grandes ícones como Rod Piazza, Keb Mo, Mark Hummel, Howard Levy, Deacon Jones, Johnny Rover, Rick Estrin, Mark Ford, entre outros. 
Gravou seu terceiro CD “Big Chico - Blues Dream” na Califórnia, com uma banda de estrelas do blues mundial, que acompanharam o mestre William Clarke. Este CD é hoje um dos mais vendidos nos Estados Unidos pelo selo americano Pacific Blues Records, do renomado produtor Jerry Hall. Discografia: CD Blues Is My Life: 2003. CD 10 Anos de Blues: 2005. CD Blues Dream: 2006. CD e DVD Big Chico Blues Band ao vivo: 2008.


Dog Joe - A experiente banda de blues-rock e soul music da Baixada Santista Dog Joe já tocou com os bluesmen Lazy Lester, Lurrie Bell e dividiu o palco com Jon McDonald.
O show da Concha acústica será um passeio por todas as épocas do blues e soul  music com a ajuda marcante do guitarrista Muniz Crespo.
Com arranjos cheios de identidade, nos quais o trio Dog Joe mostra toda sua versatilidade em solos e grooves desconcertantes, o encontro promete ser uma das viagens no tempo mais emocionantes proporcionadas pela música. Muniz é especialista nos temas seminais do blues acústico do interior dos Estados Unidos. A banda é Digo Maransaldi (bateria, voz e arranjos), Eduardo Elói (guitarra e voz), Rogério Duarte (baixo) e Muniz Crespo como convidado.

Muniz Crespo (foto Tiago Cardeal)

Blues and Beer - Junto aos sabores do Blues, os sabores da cerveja artesanal em seus diferentes estilos. O MANNISH BLOG e a CAIS - CERVEJA ARTESANAL, em parceria com o pub Mucha Breja, promovem uma noite com muito blues nos toca discos e muita cerveja CAIS no tap. A discotecagem começa às 18h e vai até 23h do dia 20 de abril. 
E na Realejo Livros rola um pocket show com Mauro Hector e Marcos Paulo com muito blues na calçada mais simpática de Santos.

Mauro Hector (foto Leandro Amaral)

Serviço:

Sesc Santos
Show: Ari Borger
Evento: 4ª Mostra Blues de Santos
Data: 12 de abril
Horário: 21h
Ingressos: R$ 6,00 (credencial plena). R$ 10,00 (meia).  R$ 20,00. Não recomendado para menores de 16.

Show: Márcio Abdo
Evento: 4ª Mostra Blues de Santos
Data: 19 de abril
Horário: 21h
Ingressos: Ingressos: R$ 6,00 (credencial plena). R$ 10,00 (meia).  R$ 20,00. Não recomendado para menores de 16.

Show: Giba Byblos
Evento: 4ª Mostra Blues de Santos
Data: 26 de abril
Horário: 21h
Ingressos: Ingressos: R$ 6,00 (credencial plena). R$ 10,00 (meia).  R$ 20,00. Não recomendado para menores de 16.

Oficinas:
19 de abril, às 15h – Márcio Abdo aponta o desenvolvimento da gaita blues
26 de abril, às 15  - Giba Byblos – Guitarra no Blues e suas viagens a Chicago 
O Sesc Santos fica na Rua Conselheiro Ribas, 139 – Aparecida.
Ingressos: Tudo grátis

Concha Acústica
Show: Fábio Brum e Baby Labarba
Evento: Blues Acústico na Concha
Data: 14 de abril
Horário: 19h
Ingressos: Grátis

Show: Big Chico
Evento: Blues Acústico na Concha
Data: 21 de abril
Horário: 19h
Ingressos: Grátis

Show: Dog Joe convida Muniz Crespo
Evento: Blues Acústico na Concha
Data: 28 de abril
Horário: 19h
Ingressos: Grátis
A Concha Acústica fica no Canal 3, na praia do Boqueirão.

O Mucha Breja fica na Rua Rei Alberto, 161 - Ponta da Praia
A Livraria Realejo fica na Av. Mal. Deodoro, 02 - Gonzaga 

terça-feira, 20 de março de 2018

Show inédito da banda Harry: O Caos no Céu Cinza

Cenas desse show farão parte de um documentário do mesmo nome que está sendo produzido com os recursos do Facult. produção, roteiro e direção é da Mannish Boy Produções e Dino Filmes


Além disso, a data do show, 23 de março, marca o aniversário de Johnny Hansen, guitarrista, cantor e criador da Harry, morto em abril de 2017.
Trata-se de uma grande homenagem dos integrantes da banda. Serão apresentadas as músicas do novo CD que estava sendo gravado nas semanas que antecederam o falecimento de Hansen e agora está em fase de mixagem. 
História – Pioneiros na mistura do rock com a música eletrônica, o Harry sempre andou na contramão do óbvio. Surgiu em 1985, lançando o primeiro EP em 1987. Em 88, lançaram Fairy Tales, incensado por toda a crítica especializada e em 91 o álbum Vessel´s Town.
O primeiro lançamento em CD foi a coletânea Chemical Archives, em 1995, com quatro novas faixas, além de faixas espalhadas em coletâneas no Brasil, na Inglaterra e na Alemanha.
Em 2005, toda a sua discografia, mais 27 faixas inéditas são lançadas no luxuoso box Taxidermy, com um livreto com a biografia da banda, além de uma análise faixa por faixa.
Com a formação original, Johnny Hansen (guitarras e vozes), Cesar Di Giacomo (bateria) e Richard K. Johnsson (teclados) e mais dois reforços, Lee Luthier (baixo) e Marcelo Marreco (guitarra), que já havia tocado ao vivo com a banda em 1987, a banda regravou sete músicas do clássico álbum de 1988, Fairy Tales, além de nove musicas inéditas, compostas entre 1985 e 2011. 
Electric Fairy Tales foi produzido e lançado pela própria banda com tiragem limitada e não será reimpresso, provavelmente se tornando outro item de colecionador como os outros.
Em 2017, em meio a gravação do novo CD e dos preparativos para o início da produção do documentário O Caos no Céu Cinza, a banda foi pega de surpresa com o falecimento do guitarrista e cantor Johnny Hansen, em 04 de abril de 2017. A previsão é que ambos sejam lançados em 2018. Dependendo de financiamentos externos e crowdfunding entre os fãs da banda.
Misturando guitarras pesadíssimas, harmonias vocais a la Beatles, e canções melodiosas, o som do Harry beira, às vezes, o inclassificável, embora a maioria dos críticos o situe entre o pós punk e o power pop.
Em 2017 começou a pré-produção para a gravação do documentário que contará sua saga, mostrando porque é considerada a banda seminal da cena eletrônica do Brasil.

Serviço:
Show - Harry - O Caos no Céu Cinza
Data - 23/03
Local - Sesc Santos
Horário - 21h
Endereço - Rua Conselheiro Ribas, 136 - Aparecida
Valor - Grátis

segunda-feira, 12 de março de 2018

Diana Krall inclui três cidades brasileiras em nova turnê

A turnê mundial 2017/18, lançamento do disco Turn Up The Quiet incluiu Porto Alegre (24/04), Curitiba (26/04) e São Paulo (28/04)


Pianista de jazz e cantora de renome mundial, gravou Turn Up The Quiet pela Verve Records/ Universal Music Canadá, com co-produção de Tommy LiPuma, vencedor do Prêmio Grammy e produtor de aclamados álbuns de Krall, incluindo All For You, The Look Of Love e Live In Paris.
A artista é a única cantora de jazz a ter oito álbuns de estreia no topo da Billboard Jazz Albums. Até o momento, ela já conquistou cinco prêmios Grammy®, oito prêmios Juno® e ganhou nove certificações de ouro, três de platina e sete de multi-platina. A arte única de Krall continua a transcender com o lançamento de “Turn Up The Quiet” e sua turnê mundial.
Canadense, Diana começou a tocar piano aos quatro anos, e já no colegial integrava um grupo de jazz, na cidade de Vancouver. Começou a carreira artística se apresentando, aos 15 anos, em restaurantes, quando chamou a atenção de professores e ganhou bolsa de estudos na renomada Berklee College Of Music, em Boston.
De mudança para Los Angeles, estudou com Jimmy Rowles, mas foi em Nova York, nos anos 90, que alcançou sucesso internacional. Casou com o músico Elvis Costello, em 2003, com quem teve gêmeos, e marca sua fase de compositora, com o álbum “The Girl in the Other Room” (2004). Dois anos depois ela lançou o disco “From this Moment on”, interpretando músicos sagrados de jazz, como Cole Porter e Irving Berlin, entre outros. Desde então, Diana Krall não para de colher sucessos pelo mundo.
Krall sempre resgatou riquezas musicais do passado para animar e habitar interpretações no momento presente, mas em “Turn Up The Quiet” ela sacode qualquer pó restante de algumas das melhores histórias no maior de seus álbuns.
A produção do show é da Dançar Marketing, responsável pela vinda da artista em 2007, 2008, quando gravou o DVD “Live in Rio, e em 2010.

Serviço:
Dia: 28 de abril
Horário: 22h
Abertura da casa: 2h antes do início do espetáculo
Local: Tom Brasil - Rua Bragança Paulista, 1281 – Chácara Santo Antonio

Compra de ingressos:
Bilheterias - Rua Bragança Paulista, 1281 / Chácara Santo Antônio
(Horário de atendimento: segunda a sábado, das 10h às 20h e domingos e feriados, das 10h às 18h)
Em dias de espetáculo a bilheteria terá seu horário estendido em 30 minutos apos o inicio do show, ou o quanto for necessário.

Compra por telefone:
Ingresso Rápido - Tel: 4003-1212
Horário de atendimento: segunda a sábado, das 9h às 22h
Formas de Pagamento: cartões de crédito Visa, Mastercard, Credicard, Diners

Compra pela internet:
www.casatombrasil.com.br / www.ingressorapido.com.br
Formas de Pagamento: cartões de crédito Visa, Mastercard, Credicard, Diners

Preços:
Vip Premium R$ 800,00
Camarote R$ 750,00
Setor Vip R$ 600,00
Setor 1 R$ 500,00
Setor 2 R$ 450,00
Frisa R$ 400,00
Cadeira Alta R$ 300,00